domingo, 14 de julho de 2013

Como tomar a melhor decisão

Há uns dias atrás recebi pelo face um vídeo onde um rapaz perguntava a um pastor se o servo de Deus poderia ou não manter relações sexuais com sua namorada antes do casamento. Esse pastor enrolou, enrolou e não deu sua opinião sobre o assunto. Pelo que pude perceber, este pastor deixou que o próprio rapaz decidisse essa questão.
Então pensei: "Poxa vida, ele não respondeu ao rapaz!" O rapaz queria a opinião dele e este não a deu. Como o rapaz vai saber o que fazer ou não? Como tomar uma decisão que não se arrependa depois?
Continuando em meus pensamentos cheguei à conclusão que este problema não era só daquele rapaz, mas que todos nós temos algumas dúvidas em relação a algumas questões, e é interessante que em determinado momento procuremos respostas a estas dúvidas. Mas como obter respostas aos nossos problemas? Qual a melhor solução para nossas dúvidas?
Existem 3 maneiras de chegarmos a uma resposta, vamos analisá-las:
1ª - Buscar respostas em nós mesmos: nós temos a capacidade de pensar e de raciocinar, principalmente se forem questões comuns a todo ser humano. Deus nos capacitou com habilidade de pensarmos, de usarmos a lógica. E a partir daí podemos chegar a uma resposta e/ou decisão. Sendo assim, nós, a todo momento, estamos decidindo alguma coisa com base em nossos sentimentos, razão, emoção e experiências. Por exemplo: ao chegarmos em uma sala onde vamos assistir a uma palestra, nós podemos escolher o local onde vamos sentar sem ter que perguntar pra ninguém (a não ser que os assentos sejam pré-determinados). Podemos sentar perto da porta, para sairmos com facilidade caso a palestra não nos seja interessante; sentar na frente, para podermos escutar com mais atenção sem que ninguém nos incomode, caso o assunto seja de nosso interesse. Podemos escolher um local longe ou perto do ar condicionado, dependendo do clima, enfim, usando uma série de fatores podemos escolher sozinhos onde sentarmos sem a necessidade da opinião alheia.
Sempre estamos raciocinando logicamente e decidindo com base em nós mesmos.
2ª - Buscar a opinião de outra pessoa:  muitas vezes, sozinhos, não conseguimos encontrar respostas, seja porque o assunto é difícil e não temos capacidade intelectual, por exemplo: se perguntassem minha opinião a respeito do que eu acho sobre a física quântica no espaço e tempo, eu não poderia opinar, pois eu não sei nada a esse respeito. Penso que a melhor saída seria procurar alguém especializado no assunto para responder a esta questão; ou porque não conseguimos ter uma solução em nós mesmos, por exemplo, se quero ir a um determinado lugar e não sei como chegar lá, é interessante que eu pergunte a alguém que saiba qual o melhor caminho a seguir. Portanto, conversarmos com alguém sobre algumas dúvidas que temos pode ser interessante para nos dar base de discernimento para tomarmos uma melhor decisão. Quantas e quantas vezes achávamos que estávamos certos e vem alguém com mais experiência e sabedoria que nós e nos expõe outro ponto de vista que acabamos por concordar com ela? Ou quantas vezes alguém vem até nós pedindo nossa opinião em algum assunto e conseguimos com que ela veja a situação por outro ângulo? Portanto, o conselho mútuo pode ser muito proveitoso.
3ª Buscar ajuda na palavra de Deus: a palavra de Deus tem solução para todas as nossas dúvidas."Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e ... é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hebreus 4:12".
Em algumas passagens bíblicas Deus é direto e explícito, não necessitamos de nenhum esforço mental para entender, basta ler e interpretar palavra por palavra que vamos saber a vontade do Senhor. Olha só: "... Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe. Lucas 18:20" não tem o que explicar: é o que está escrito e pronto.
Outros ensinamentos, no entanto, Deus quer que usemos nossa inteligência que ele nos deus. Temos que ler sua Palavra e usar o raciocínio lógico para sabermos qual a vontade do Senhor para nossa vida.
Observe as parábolas usadas por Jesus: Ele foi indireto, usando metáforas e figuras de linguagem para que se fizesse entender. "E ensinava-lhes muitas coisas por parábolas, e lhes dizia na sua doutrina... Marcos 4:2". Muitas vezes seus próprios discípulos não entenderam o que Jesus queria dizer e tiveram que perguntar-lhe pessoalmente e em particular o que Ele quis dizer com as parábolas usadas: "E, quando se achou só, os que estavam junto dele com os doze interrogaram-no acerca da parábola. Marcos 4:10"
Posso concluir que o estudo da palavra de de Deus e a oração a Ele, são métodos eficazes para que possamos chegar a uma resposta para sanar nossa dúvida.
Digo eficaz, porque os dois primeiros meios que citei anteriormente não são eficazes: no primeiro, podemos nos enganar facilmente, pois "Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas. 1 João 3:20". Podemos achar que estamos fazendo a coisa certa e no fim nos darmos muito mal: "Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte. Provérbios 14:12". Quantas vezes já cometi erros por julgar estar certa?
No segundo método, Deus nos alerta para não depositarmos nossa confiança em nada ou ninguém além dEle:  "Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Jeremias 17:5". Ou ainda: "Os pensamentos dos justos são retos, mas os conselhos dos ímpios, engano. Provérbios 12:5". Quantas vezes, por dar ouvidos a outros, fui enganada?

Porém, Deus nos deu capacidade de pensar e usarmos o nosso raciocínio, ele não nos quer bobinhos: "Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. Efésios 5:17" Deus é inteligente e gosta de se relacionar com pessoas que também usam a inteligência. Deus se alegra quando buscamos ser sábios: "Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o meu coração, sim, o meu próprio. Provérbios 23:1".Sem contar ainda das promessas que Ele nos faz ao buscarmos Sua sabedoria: "O que atenta prudentemente para o assunto achará o bem, e o que confia no SENHOR será bem-aventurado. Provérbios 16:20"
 
Então, ao nos acharmos em dificuldades em obter respostas para nossas dúvidas, sabemos que podemos recorrer a Palavra de Deus sem medo de errar.
Portanto, encerro aqui pedindo a Deus que: "Ensina-me a fazer a tua vontade, pois és o meu Deus. O teu Espírito é bom; guie-me por terra plana. Salmos 143:10"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...