terça-feira, 11 de outubro de 2011

A Boca Fala do Que O Coração está cheio



A boca fala do que o coração está cheio. (Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca. Mateus 12:34 )



Já reparou como somos ensinadas a falarmos mal de nossos maridos? Seja através das novelas, das revistas femininas, filmes e outros meios de comunicação. Numa rodinha de mulheres (coitados dos homens!) falamos todos os podres deles: Que eles não prestam, que não fazem nada certo, que nunca conseguem nos agradar, etc, etc, etc. E como existem piadas de mulheres falando mal dos homens!



Se durante o dia você falar dele depreciando-o, humilhando-o ou rebaixondo-o, o que acha que vai acontecer no fim do dia quando se encontrarem? Briga, discórdia, desentendimentos e qualquer outra coisa pra piorar seu relacionamento conjugal. Porque todos esses sentimentos foram alimentados no seu pensamento durante o dia.



Então, vamos encher nosso coração de coisas boas a respeito de nosso marido. Sempre que vir a nossa mente qualquer coisa que nos desagrada nele ou dele, vamos colocar outra que nos faz orgulhar dele. Vamos falar dele com otimismo e orgulho. Vamos fazer comentários a respeito dele que o coloca pra cima, que possa trazer a nossa mente admiração por ele. Afinal ele é seu marido, seu companheiro, seu cabeça (Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo. 1 Coríntios 11:3 ) Aha! Então, se você falar mal dele, na verdade, você está falando mal de você mesma. Você está se voltando contra si. Porque agora vocês são uma só carne, lembra? (E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. Marcos 10:8). Então, como você vai maldizer sua própria carne? (O homem bom cuida bem de si mesmo, mas o cruel prejudica o seu corpo. Provérbios 11:17). Não é uma atitude muito inteligente, né?



Vamos então falar sobre nossos maridos somente aquilo que é bom. Somente aquilo que possa edificar nosso relacionamento conjugal.( Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. Efésios 4:29)



Vamos encher nossos corações somente daquilo que é bom, para que assim nossa boca possa também falar somente o que é bom
.

8 comentários:

  1. gostei muito dessa dica. A gente nem percebe quando está falando mal de nossos companheiros. Que coisa, vou ter que rever meus conceitos e párar de fazer isso.

    ResponderExcluir
  2. gostei muito dessa dica. A gente nem percebe quando está falando mal de nossos companheiros. Que coisa, vou ter que rever meus conceitos e párar de fazer isso.

    ResponderExcluir
  3. Bem verdade tudo isso. Na época que minha mãe passava as tardes assistindo Casos de Família, meus pais sempre discutiam. Acho que a gente faz imagem de que as mulheres não devem aceitar certas coisas, quando estas devem sim ceder em alguns sentidos (como também os homens devem ceder quando preciso). Acabam Achando que reivindicar como a mulherada barraqueira desses programas de TV é certo e justo...

    É abobrinha que a gente cultiva na cabeça.

    Relacionamento é difícil mesmo...

    ResponderExcluir
  4. Que ricas palavras,é verdade irmãs e até porque o homem é a autoridade que Deus instituiu na família,e uma mulher sábia não deve ficar na roda dos escarnecedores,ainda mais falando mal do próprio marido.Que Deus nos perdoe e nos dea sabedoria e que a nossa boca seja para abençoar e não amaldiçoar.

    ResponderExcluir
  5. A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÂO
    (LC.6.45)
    (EC.51.33) Eu abri a minha boca e disse: (IS.66.5) Ouví a palavra do Senhor, vós que a temeis; (IS.30.15) porque assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: (JB.3.27) O homem não pode receber cousa alguma, se do céu não lhe for dada: (LS.7.15) Mas Deus me fez a graça de que eu fale segundo o que sinto, e de que presumisse cousas dignas destas que me são dadas; (EF.3.16) para que, segundo a riqueza da sua sabedoria, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no Homem interior; (2TS.3.2) e para que sejamos livres dos homens perversos e maus; porque a fé não é de todos: (IS.22.4) Portanto digo: (AP.2.7) Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: AP.13.10) Aqui está a perseverança e a fidelidade dos Santos: (EF.3.8) A mim, o menor de todos os Santos, me foi dada a graça de pregar aos gentios o Evangelho das insondáveis riquezas de Cristo; (RM.7.22) porque no tocante ao Homem Interior, tenho prazer na Lei de Deus:
    (RM.9.1) Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência: (1CO.9.3) E a minha defesa perante os que me interpelam é esta: (DT.4.20) Como hoje se vê: (EF.4/4/6) Há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados, numa só esperança da vossa vocação; há somente um Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus, e Pai de todos, o qual é Senhor de todos, age por meio de todos, e está em todos: (TG.4.12) Há um só legislador e Juiz; (TM.2.5) porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os Homens, Cristo Jesus, Homem:
    (IS.46.5) A quem me comparareis para que Eu seja seu semelhante? (JÓ.6.28) Agora, pois, se sois servidos, olhai para mim e vede que não minto na vossa cara: (JÓ.33.3) As minhas razões provam a sinceridade do meu coração, e os meus lábios proferem o puro saber: (GL.1.20) Ora, acerca do que vos escrevo, eis que diante de Deus testifico que não minto; (1PE.2.6) pois isso está na Escritura:




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arnaldo Ribeiro, obrigada por comentar.
      Abraços em Cristo,
      Regi

      Excluir

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...