terça-feira, 20 de setembro de 2011

Antes que Ele Vá Embora para Sempre








Quando eu namorava Osmar, nos víamos uma vez por semana apenas. Morávamos em cidades diferentes e nós dois trabalhando e estudando, cuidando cada um da sua vidinha, não dava tempo de muitos encontros, a não ser fim de semana e feriados. Por isso quase não brigávamos.

Quando nos encontrávamos era para conversar e matar a saudade um do outro. Mas depois que casamos e passamos a morar no mesmo teto, dormir na mesma cama e comermos à mesma mesa, o cotidiano veio se instalando e as diferenças foram aparecendo.

As arestas foram se formando, cada uma de um lado, até ferirmos um ao outro. Graças a Deus, Ele me fez abrir os olhos para o que estava acontecendo e o que poderia a vir a acontecer quando em um casamento o amor vai se esfriando, morrendo aos poucos. Deus me fez acordar para sua Palavra, e através dela resgatar muitas coisas em minha vida, inclusive meu amor por meu marido, que estava se esvaindo com o dia-a-dia.

Pensando bem, não é diferente da maioria dos casais. Quando se conhecem, durante o período de namoro é tudo mil maravilhas, fazem planos e juras de amor eterno, mas depois de casados, com o convívio, vêm também as dificuldades, mágoas e o único pensamento é o divórcio. Chegam a pensar que nem foram eles mesmos que se amavam tanto, parecia ser outra pessoa, né?

Mas como então resgatar o que parecia ter acabado? Como ressuscitar o amor que juramos ter morrido?

São essas coisas que quero compartilhar com vocês. Meus aprendizados. É, porque não sei de nada ainda. Estou na estrada, caminhando e andando, seguindo na direção. Não cheguei lá não. Um dia quem sabe poderei ser mestra na arte de ensinar a amar, mas por enquanto sou aprendiz, e é esta minha experiência que quero compartilhar com vocês: como aprender a amar nossos maridos.

(continua no px post)

7 comentários:

  1. É, estou na mesma situação, só que meu caso, acho que vai terminar em separação mesmo, viramos irmãos, sabe? Beijooo e sorte pra vcs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Babbi, obrigada por comentar. Não quero q vc fique desanimada, muito pelo contrário: anime-se. Quando vc coloca na balança e vê o quanto a consequência de uma separação é ruim, te dá forças para investir na relação. Se vcs estão como irmãos já é um ponto positivo, pior seria se vcs estivessem como inimigos, como muitos casais devem está por ai.
    Não jogue a toalha, a relação de vcs tem que crescer e amadurecer, só então vem o descanso.
    Beijocas, Regi

    ResponderExcluir
  3. a minha tbm esta assim,so ki busco a Deus por melhoria e sei ki ele ta no controle,tiv decepção com marido,mais a ferida esta cicatrizando e passado dele,mais eu n vivia inda com ele,então estou deixando,passar,ja conversamos e vou passar junto com ele tdas as coisas ruins,pq se Deus posi no m caminho e pq ele sab da minha capacidade de vencer!eo inimigo ainda kis destruir,mais quem tem Deus tem tdo!ea cada dia que passa vou mais cultivando o nosso amor ki estava chegando a beira do abismo!mais eu n deixe com a força de deus!eo nosso sENHOR JESUS!COM SUA GRAÇA MELHOROU NOSSA VIDA!CREIA! bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por comentar. E o q vc falou: com a graça de Deus tudo melhora na nossa vida.
      Beijos

      Excluir
  4. regi eu amooo as coisas que vc escreve tem me ajudado muitooo
    parabens pelo blog e a sua sabedoria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Anônimo. Estou aqui para servir ao Senhor Deus. Fiquei muito feliz em saber que estou ajudando alguém. Que Deus te abençoe.
      Bjs, Regi

      Excluir
  5. gostaria muito de contar minha história...

    ResponderExcluir

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...