sábado, 2 de outubro de 2010

ENQUANTO HÁ VIDA HÁ ESPERANÇA





Hoje quero falar sobre o ano letivo. Já estamos no fim do ano e provavelmente o resultado final do seu filho você já sabe: passar ou não passar de ano. Se as notas dele são boas, a probabilidade de uma aprovação é garantida, agora se as notas não são satisfatórias o resultado ainda é uma icógnita. Pode ser que ainda dê tempo de ser feito alguma coisa: enquanto o fim do ano letivo não terminou, ainda há chance de uma virada.

Quero aqui sugerir algumas coisas aos pais que querem ajudar seu filho a correr contra o tempo. É muito provável que a criança já tenha jogado a toalha e está pensando em fazer diferente no próximo ano. Acontece que uma reprovação não implica somente em “fazer diferente” na próxima oportunidade. Vem junto um sentimento de derrota, fracasso e impotência que pode acompanhá-lo pelo resto da vida.

Então, minhas dicas:

1- Pegue no chifre do boi junto com ele: não é apenas mandar estudar, cobrar dele ou insistir, mas estudar JUNTO com ele. Ele está derrotado, precisando de insentivo, e o maior insentivo é ele perceber que você não desistiu dele;

Sua desculpa pode ser: não sei a matéria. E nunca saberá se você não estudar junto com ele. Só pelo simples fato de você já ter passado por isto que ele está passando agora, você já tem um ponto a mais nesta corrida, mesmo que seja apenas sua experiência de vida e não o domínio da matéria estudada.

Pra isso você tem que abdicar de algum tempo. Você tem que colocar na balança o que é mais importante pra você. Seu trabalho ou seu filho? Porque você trabalha? Também não é por causa dele?

Infelismente, você não poderá ir (fisicamente) à escola com ele, se sentar em uma carteira ao seu lado, mas você poderá ir (virtualmente): acompanhe detalhadamente TUDO o que foi dado na escola. Tenha e saiba de cor o horário e dias das matérias estudadas na sala de aula. Veja o caderno TODOS os dias, os livros e cadernos de exercícios. Depois, vocês dois, juntos estudem tudo o que foi ensinado na escola.

2- Vá à escola: converse com os professores, orientadores educacionais e a diretoria da escola. Deixe claro que você está a par de tudo e quer ajudar seu filho e que precisa da ajuda deles. Eles estão lá pra isso.

3- Contrate um professor particular, mas lembre-se de que não é porque você contratou um professor particular que é líquido e certo que seu filho vai ter bom resultado. Se você não acompanhar seu filho, mesmo com um professor particular, você só estará jogando a sua responsabilidade para outro que não tem nada com isso além do dinheiro que vai receber (assim como a escola, caso seja uma escola particular);

4- Tenha um bom local de estudos: uma mesa, uma cadeira confortável, um local com boa iluminação e ventilação. Retire tudo o que possa desconcentrar: televisão, rádio ou gente conversando por perto. Se necessário vá para o quarto;

5- Tenha materiais para estudar: É necessário ter algumas coisas para estudar em casa, tais como: lápis, borracha, caneta, caneta marca texto, régua, mapas (atlas), gramática, dicionário português e ou estrangeiro (inglês e ou espanhol), caderno e muuuuuuuuuuuuuuitas folhas para rascunho;

6- Tenha um local para guardar os materiais do estudo de vocês: é importante que os materiais estejam em apenas um local e somente eles ali, pois assim quando precisar de alguma coisa rapidamente vocês podem encontrar;

7- Adquira uma Pasta-Catálogo: está pasta é importante, pois você vai colocar nela todos os textos, provas ou exercícios em folhas avulsas. Desta maneira sempre que necessário você não tem que abrir caderno por caderno ou livro por livro pra procurar a folha que deseja;

8- Agenda escolar: na agenda o aluno vai anotar (e você vai cobrar isso dele, pois só assim você ficará ciente dos seus compromissos) os dias para entrega de trabalhos (temas e modo de fazer), seminários, provas e outros, bem como a matéria da prova (conteúdo e páginas de livros a serem estudados). É ali também que anotarão, em um espaço reservado para isso: as notas obtidas nas provas e trabalhos de cada disciplina, podendo assim, fazer um acompanhamento da evolução das notas, ou seja: saber o que tem e o que precisa para alcançar, no mínimo a média, para passar no fim do ano;

9- Disciplina militar nos horário de estudos em casa: tenha sempre a disciplina de estudar em um determinado horário. Faça tudo o que tem que ser feito antes ou depois deste horário, mas no tempo determinado para o estudo, seja firme. O tempo médio é de 2 horas, com intervalos de 15 minutos. Como o tempo está se esgotando (fim de ano), este tempo de estudo pode ser estendido pra 3 horas, em dia de semana. Aos sábados: 2 horas pela manhã e 2 horas à tarde. Não existe feriado para quem está atrasado na corrida, portanto, nos feriados os estudos podem ser feitos como no sábado. O domingo está reservado para o dia do Senhor e descanço já que ninguém é de ferro, né?

10- Metodologia de Estudo em casa: o que estudar primeiro? Qual a ordem das coisas? Minha sugestão: a) de acordo com o horário do dia: verifique quais as matérias serão dadas neste dia, se tem dever de casa ou trabalho para levar e faça. Depois, coloque imediatamente na muchila para não esquecer; b) estude a matéria do dia anterior: verifique o que os professores deram no último dia de aula, faça um resumo, leia o livro, desenvolva um questionário e perguntem um para o outro, tentem resolver os problemas dados pelos professores, etc, anotem as dúvidas no caderno ou no livro para que na próxima aula possa ser tirada pelo professor da disciplina; c) trabalhar em projetos: o que são esses projetos? Quando o professor agenda uma prova para tal dia e fala que vai cair na prova isso e isso, da página 1 até a página X; quando o professor marca um trabalho para ser entregue no dia x; quando é pedido para entregar o resumo de um livro no dia estipulado, etc. Normalmente, são atividades que não dá para ser feitas em um só dia. Mas elas têm que ser feitas, então a gente divide-as em pedaços até concluir. d) Estudar: aqui, vamos dedicar tempo para estudar aquilo em que estamos com dificuldade. A matéria foi dada pelo professor, não tem prova marcada ainda (não é projeto), não é dever de casa para o dia, nem foi dado no dia anterior, mas você sabe que mais pra frente isso vai acontecer, então comece logo a estudar;





Não acho que tudo isso seja fácil não, mas tem que haver empenho e dedicação. Só mais um pouquinho, no final vai valer a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...