quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Entrega Total

                                                                                              (foto da internet)

Dia desses estava eu atarefada com tanta coisa pra dar conta e um simples chamado de – Mãe! - Já estava me deixando nervosa. Eu não conseguia terminar nada, pois a todo o momento eu era interrompida por Gabriela ou Osmar que queriam minha atenção. Foi um dia tenso, pesado. Eu estava de mal humor. Sabe aquele dia que você está no seu limite? Assim estava eu.


E como já era de esperar, eu explodi: larguei tudo do jeito que estava e fui pro quarto chorar. Um choro de desabafo, de cansaço, como que dizendo: chega, não agüento mais. Chorei compulsivamente como há muito não fazia.

Então comecei a falar com Deus: porque eles, meu marido e minha filha, não cooperavam comigo? Porque eles não me ajudavam? Porque deixavam tudo para eu resolver? Será que eles não estavam vendo meu desempenho por eles? Será que eles não estavam vendo meu esforço em ser uma boa esposa, mãe, dona de casa, mulher, profissional? Como posso estar no controle de todas as coisas se não estou sendo reconhecida pelas pessoas que amo?

Minha oração era: eu sou muito boa. Faço todas as coisas. Sou perfeita. Sou eficiente e não sou reconhecida. Eu tenho que ter o controle sobre todas as coisas e eles não estão cooperando comigo para que eu possa manter o controle das coisas. Foi então que o Espírito Santo de Deus falou ao meu coração: Regi, você não tem o controle de nada. Sou Eu que controlo tudo. Você não tem que se preocupar com nada. Tudo o que você faz é somente porque Eu permito.

Então me dei conta que minhas preocupações em cuidar de tudo eram em vão. Relaxei. Fui consolada e meu espírito antes abatido e conturbado foi se acalmando. Coloquei tudo então nas mãos de Deus. Se for para o Senhor ter controle sobre minha vida, vai ter o controle de tudo, não somente partes.

Como é engraçado: quando comecei minha oração, eu estava falando com Deus que eu era auto-suficiente e queria continuar a ser e não me deixavam. E no final da oração, o Espírito de Deus me fez enxergar que eu não era nada. Que é Deus que está no controle de todas as coisas. E que sou totalmente dependente dEle.

Durante muito tempo da minha vida aprendi a ter o “controle” sobre as coisas. E a sociedade nos cobra isso. A todo instante nos é ensinado buscar a eficiência e alcançar a perfeição. Estou aprendendo relaxar e entregar as coisas nas mãos de Deus.

Um comentário:

  1. Olá Regi, tava passeando pelo orkut qdo li sobre o FLY, daí alguém postou seu blog como referência. De início, fiquei chocada com seu post sobre o acidente, o tiro acidental em seu esposo, depois fui lendo e lendo e acabei me deparando com este post, Entrega Total. Me via tanto nessa situação que comecei a chorar. Em seguida, li outra dica sua sobre o Estudo Bíblico e corri atrás dos ensinamentos de Deus sobre o Papel da Mulher num lar. Já tinha escutado os sermões de minha sogra, que é evangélica, sobre o assunto, mas eu sempre achava que ela falava aquilo pra defender o filho dela que é o marido, eu achava que ela queria me diminuir perante à ele. Mas você não, você que eu nem conheço, me ensinou muito mais, me tocou mesmo com um poder tal que só Deus poderia ter colocado em suas palavras. Venho hoje te agradecer por elas e te dizer que desde ontem, mesmo eu não sendo evangélica, somos católicos, mas desde ontem, sou uma nova mulher. Me comprometi com Deus e com meu marido. Quero ser a esposa companheira e dedicada que li na Bíblia. Quero e preciso que Deus guie a minha vida, tome o comando dela.
    Parabéns pelo blog. Saiba que ele já mudou a vida de alguém.
    bjs,
    Amanda Pinho
    amandapinho@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...