quarta-feira, 2 de junho de 2010

DECLUTTER

Somente um psicólogo, psiquiatra, antropólogo ou um profissional da área de Humanas para diagnosticar com clareza porque acumulamos tralhas. Será necessidade? Afeição? Medo do amanhã? Outras coisas ou tudo isso junto? Juro que não sei.

Clutter significa tralha, “aportuguesando” a palavra, Declutter então é destralhar, ou seja, limpar o ambiente, retirar o que não presta ou o que não tem mais uso e dar um destino a eles.

Eu sabia que meu guarda roupa, escrivania, armário de cozinha, estante da sala e outros móveis aqui de casa estavam precisando de declutter. Mas e a coragem para encarar o trabalho que seria? Aprendi que eu poderia fazer pequenos pedaços por vez. Não precisava fazer tudo em um único dia. Assim, cada semana pegava um cômodo da casa e ia decluttando parte por parte de um móvel.

Quando iniciei no FLYlady aprendi sobre declutter. Durante alguns dias fiz um mega super grande declutter aqui em casa. Já falei disso em posts anteriores.

Durante muito tempo eu tentei arrumar aquilo que não tinha arrumação. Explico: tralha não se arruma, não se organiza. Se você não der um fim a ela, você vai ficar mudando a bagulhada de um lado pra outro. Como num círculo, que não tem fim.

Não espere as tralhas acumularem para por fim a ela. Durante um dia normal como a gente tráz coisas pra dentro de casa: papel, sacolas, objetos, mercadorias e outros. E ai, se não selecionarmos, o que realmente tem necessidade de ficar, vamos acumulando, acumulando ... tralhas. Então o declutter é diário. E muitas vezes ele também pode ser feito imediatamente. Se você recebeu alguma coisa e vai ter uso: guarda para a ocasião. Se não, livre-se dele logo: jogue fora ou dê para alguém que necessita. (continua no próximo post)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...