quinta-feira, 3 de dezembro de 2015


CULTO DOMÉSTICO
Quero começar hoje uma pequena série sobre Culto Doméstico. Acredita que muitas família que se dizem cristãs não têm o hábito de fazer culto doméstico?

Muitas famílias cristãs têm dificuldades em fazer culto doméstico, seja por comodismo ou ativismo.

Mas porque fazer culto doméstico? o que é culto doméstico? como fazer o culto doméstico?

Quero relatar aqui a minha experiência e como tenho me saído.


O que é culto doméstico?

Na realidade nosso culto ao Senhor é 24 horas por dia. Se temos Deus como nosso REI e SENHOR, cultuá-lo é todo o tempo (Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca. Salmos 34:1)

Então porque fazer o culto doméstico? penso que é um modo de reafirmarmos, em família, nosso direcionamento e de deixarmos em evidência a quem servirmos, adoramos e nos submetemos: Deus.

É também um tempo de firmarmos nosso compromisso como indivíduos e família. Em uma época que a família e seus valores vêm sendo degradados, estreitar laços familiares se torna imprescindível para fortalecer nossos valores cristãos.
(continua no px post)

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Segredo de Família


      Cada família tem seu jeitinho, manias e tradições. A minha não é diferente.
         Lembro que quando éramos crianças e gostávamos de brincar na rua (naquela época podia, né), não podíamos nos afastar de casa. Meu pai de vez em quando ia lá fora para ver onde estávamos e o que estávamos fazendo e se não nos via nos chamava com um jeito especial que só nós captávamos a mensagem. Ele gritava:  "xiiiit" e ai de nós se não o atendêssemos imediatamente! Era nosso código secreto: se ele gritasse "xiiit" por 2 vezes e não fosse atendido por nós, não adiantava reclamar, a brincadeira acabava e tínhamos que entrar.
         O engraçado é que no meio de tantas crianças brincando, gritando, falando e pulando só nós escutávamos o seu "xiiit" e sabíamos o seu significado. Quantas vezes a gente interrompia abruptamente a brincadeira para nos apresentarmos ao meu pai e dizer que estávamos por ali brincando que tudo estava tranqüilo. Nossos colegas ficavam sem entender!
         E isso trouxemos para nossa vida, como herança familiar. Meus irmãos e eu também temos o mesmo código secreto de família: "xiiit". E nossos filhos já sabem: assim que escutam TÊM que atender imediatamente. Dias desses aí atrás, Gabriela estava na casa da vizinha brincando com a filha dela e, como já estava na hora de chamá-la eu coloquei o cabeção pra fora da janela e gritei - Xiiit! Imediatamente ela largou tudo o que estava fazendo e disse que eu a estava chamando e foi me atender. A vizinha ficou sem entender! Como assim está te chamando? Eu não ouvi nada! kkkkk e não ouviu mesmo porque o "xiiit" não era para ela. Era só para Gabriela, bem específico: código secreto familiar entre mãe/pai e filha.
         Isto me fez pensar no meu código secreto entre Deus e eu: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;" João 10:27
         Quantas vezes em meio a tanto "barulho, vozes e ruídos" do dia-a-dia o Senhor fala comigo! Somente a mim. Ninguém ao meu redor está escutando, só eu. Uma voz lá longe que vem se aproximando lentamente e me faz ouvir nitidamente seu chamar, sua voz.
         Sou sua ovelha e só posso atentar à voz de meu Pastor, porque Ele me conhece, e mesmo sabendo a porcaria que sou ele se interessa por mim. (só Ele mesmo!)
         Como ouvir e identificar a voz de meu Pastor? Através de sua palavra. É no estudo da bíblia, diariamente, que tenho a familiaridade com ela, a intimidade, que faz com que eu a identifique em meio ao caos, ruídos e barulhos.
         Assim como o "xiiit" de meu pai que eu identificava e era nosso código secreto, assim também é a palavra de Deus para mim: nosso código secreto, um tête-à-tête entre Ele e eu.
         Assim como eu não podia me afastar de casa para que não deixasse de ouvir o "xiiit" de meu pai, assim é meu relacionamento com Deus. Para que eu não me afaste dEle, Ele está sempre me chamando através de sua palavra.  
         Não sei o código secreto de sua família. Sei que o Senhor fala com seus filhos através de sua palavra. Se você é filho de Deus e não está escutando sua voz, talvez seja porque você está longe, se afastou muito. Volte pois o Pai se interessa por você e te quer perto dEle.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Aceitação



          Como é importante para nós a opinião dos outros, não? Como é importante sermos aceitos pelas outras pessoas. Muitas pessoas vivem em função disso. Fazem de tudo para serem acolhidas. Mas a realidade é que nem todos têm a mesma opinião a nosso respeito. Como fazer então, quando não somos aceitos por outras pessoas, quando as pessoas não aceitam nosso jeitinho de ser? 

             Vamos procurar na palavra de Deus ( não posso falar outra coisa, pois vivo isso. Aqui você não vai encontrar dicas de pensadores, filósofos, psicólogos, pedagogos do momento ou qualquer outra coisa. Já falei em outros post que adotei a Palavra de Deus como prática na minha vida pois ela é eterna, não tem meios termos ou variação). Em Mateus 10, Jesus enviou seus discípulos a algumas cidades para levar a palavra do Reino de Deus à população. Jesus sabia que nem todos iriam recebê-la, então Ele instruiu seus discípulos em como proceder caso não fossem aceitos. Em Mateus 10:14 Ele disse:  ´"E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés."   

            Então, não é pra brigarmos, ou fazer com que o outro "nos engula" de qualquer modo, mas tire esta pessoa da sua vida. Se ela não te aceita, "sacuda" ela da sua vida. Em "saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés." entendo que daquela casa ou cidade os discípulos não estavam interessados nem mesmo no pó (menor partícula) daquela população, que estava nos seus pés.


             Note bem que eu disse para "sair da vida deste pessoa", não queira mais nada com ela, ela não é obrigada a aceitar você. Sair da vida dela não é odiá-la, nem querer vingança, nem ficar remoendo o que ela disse ou fez conosco, mas é "sacudir o pó".          Sair da vida dela, não é deixar de amá-la, mesmo porque Jesus ordenou que amássemos até nosso inimigo, não é mesmo? "Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam"; Lucas 6:27 

         Pra finalizar minha reflexão sobre Aceitação digo que a opinião importante sobre nós é a de Deus. E para Ele não precisamos provar nada porque ele nos conhece, até melhor do que nós mesmos.          Beijos e até o próximo post. 

        Quem quiser me acompanhar no Instagram, basta acessar: regimarino. Lá posto muitas coisinhas sobre o universo feminino de modo geral.          

                   Fiquem na Paz!

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...