quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Cupcake Facílimo

Para as não prendadas em culinária tenho hoje um recadinho: com um pouco de criatividade podemos adaptar receitas e fazer quitutes tão gostosos quanto às "cozinheira de mão cheia".
Às vezes quando via aqueles cupcakes lindos e gostosos me dava uma vontade de fazer igual! Como não sou muito prendada na cozinha e não tenho muito tempo de ficar fazendo testes culinários resolvi adaptar uma receita de modo que o resultado ficasse o mais próximo de "lindo e gostoso".
Como estava em férias e não tínhamos compromisso, de última hora coloquei em prática uma ideia que há muito estava pensando.
Corri a uma loja que vende produtos para festas e comprei as forminhas de papel para cupcakes, formas de empada para que na hora de assar a massa fique firme e não deforme (tomando outro aspecto que não o de cupcake) e confetes de chocolate colorido para dar um "up" final.
No supermercado comprei a massa de bolo pronta (essas de sacola), sabor chocolate pois é o que mais gosto. Para o recheio comprei nutella e para a cobertura, fiz uma pasta de brigadeiro (leite condensado e chocolate em pó).
Dispus em um tabuleiro as forminhas de empada e dentro as formas de papel, despejei, até um pouco mais da metade da forma de papel, a massa que preparei conforme indica na embalagem e coloquei para assar em fogo brando por 25 minutos (pré-aqueça o forno uns 10 minutos antes de colocar a massa para assar).
Deixei esfriar e depois, com a faca, fiz uma abertura no centro do bolinho e coloquei nutella. Em seguida fiz um brigadeiro (bem molinho) e despejei por cima dos bolos. Os confetes ficaram por conta de Gabriela colocá-los.
Ficou uma delícia. Mandei uns para minha cunhada e o pessoal lá amou. Só recebi elogios.
Estou pensando em fazer outros, com outros sabores, outros recheios e cobertura, enfim, fiquei animada kkkk.
Tá vendo? às vezes o que falta é só criatividade em adaptar uma coisa aqui e outra ali. Espero que gostem da minha dica.

domingo, 14 de julho de 2013

Como tomar a melhor decisão

Há uns dias atrás recebi pelo face um vídeo onde um rapaz perguntava a um pastor se o servo de Deus poderia ou não manter relações sexuais com sua namorada antes do casamento. Esse pastor enrolou, enrolou e não deu sua opinião sobre o assunto. Pelo que pude perceber, este pastor deixou que o próprio rapaz decidisse essa questão.
Então pensei: "Poxa vida, ele não respondeu ao rapaz!" O rapaz queria a opinião dele e este não a deu. Como o rapaz vai saber o que fazer ou não? Como tomar uma decisão que não se arrependa depois?
Continuando em meus pensamentos cheguei à conclusão que este problema não era só daquele rapaz, mas que todos nós temos algumas dúvidas em relação a algumas questões, e é interessante que em determinado momento procuremos respostas a estas dúvidas. Mas como obter respostas aos nossos problemas? Qual a melhor solução para nossas dúvidas?
Existem 3 maneiras de chegarmos a uma resposta, vamos analisá-las:
1ª - Buscar respostas em nós mesmos: nós temos a capacidade de pensar e de raciocinar, principalmente se forem questões comuns a todo ser humano. Deus nos capacitou com habilidade de pensarmos, de usarmos a lógica. E a partir daí podemos chegar a uma resposta e/ou decisão. Sendo assim, nós, a todo momento, estamos decidindo alguma coisa com base em nossos sentimentos, razão, emoção e experiências. Por exemplo: ao chegarmos em uma sala onde vamos assistir a uma palestra, nós podemos escolher o local onde vamos sentar sem ter que perguntar pra ninguém (a não ser que os assentos sejam pré-determinados). Podemos sentar perto da porta, para sairmos com facilidade caso a palestra não nos seja interessante; sentar na frente, para podermos escutar com mais atenção sem que ninguém nos incomode, caso o assunto seja de nosso interesse. Podemos escolher um local longe ou perto do ar condicionado, dependendo do clima, enfim, usando uma série de fatores podemos escolher sozinhos onde sentarmos sem a necessidade da opinião alheia.
Sempre estamos raciocinando logicamente e decidindo com base em nós mesmos.
2ª - Buscar a opinião de outra pessoa:  muitas vezes, sozinhos, não conseguimos encontrar respostas, seja porque o assunto é difícil e não temos capacidade intelectual, por exemplo: se perguntassem minha opinião a respeito do que eu acho sobre a física quântica no espaço e tempo, eu não poderia opinar, pois eu não sei nada a esse respeito. Penso que a melhor saída seria procurar alguém especializado no assunto para responder a esta questão; ou porque não conseguimos ter uma solução em nós mesmos, por exemplo, se quero ir a um determinado lugar e não sei como chegar lá, é interessante que eu pergunte a alguém que saiba qual o melhor caminho a seguir. Portanto, conversarmos com alguém sobre algumas dúvidas que temos pode ser interessante para nos dar base de discernimento para tomarmos uma melhor decisão. Quantas e quantas vezes achávamos que estávamos certos e vem alguém com mais experiência e sabedoria que nós e nos expõe outro ponto de vista que acabamos por concordar com ela? Ou quantas vezes alguém vem até nós pedindo nossa opinião em algum assunto e conseguimos com que ela veja a situação por outro ângulo? Portanto, o conselho mútuo pode ser muito proveitoso.
3ª Buscar ajuda na palavra de Deus: a palavra de Deus tem solução para todas as nossas dúvidas."Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e ... é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hebreus 4:12".
Em algumas passagens bíblicas Deus é direto e explícito, não necessitamos de nenhum esforço mental para entender, basta ler e interpretar palavra por palavra que vamos saber a vontade do Senhor. Olha só: "... Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe. Lucas 18:20" não tem o que explicar: é o que está escrito e pronto.
Outros ensinamentos, no entanto, Deus quer que usemos nossa inteligência que ele nos deus. Temos que ler sua Palavra e usar o raciocínio lógico para sabermos qual a vontade do Senhor para nossa vida.
Observe as parábolas usadas por Jesus: Ele foi indireto, usando metáforas e figuras de linguagem para que se fizesse entender. "E ensinava-lhes muitas coisas por parábolas, e lhes dizia na sua doutrina... Marcos 4:2". Muitas vezes seus próprios discípulos não entenderam o que Jesus queria dizer e tiveram que perguntar-lhe pessoalmente e em particular o que Ele quis dizer com as parábolas usadas: "E, quando se achou só, os que estavam junto dele com os doze interrogaram-no acerca da parábola. Marcos 4:10"
Posso concluir que o estudo da palavra de de Deus e a oração a Ele, são métodos eficazes para que possamos chegar a uma resposta para sanar nossa dúvida.
Digo eficaz, porque os dois primeiros meios que citei anteriormente não são eficazes: no primeiro, podemos nos enganar facilmente, pois "Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas. 1 João 3:20". Podemos achar que estamos fazendo a coisa certa e no fim nos darmos muito mal: "Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte. Provérbios 14:12". Quantas vezes já cometi erros por julgar estar certa?
No segundo método, Deus nos alerta para não depositarmos nossa confiança em nada ou ninguém além dEle:  "Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Jeremias 17:5". Ou ainda: "Os pensamentos dos justos são retos, mas os conselhos dos ímpios, engano. Provérbios 12:5". Quantas vezes, por dar ouvidos a outros, fui enganada?

Porém, Deus nos deu capacidade de pensar e usarmos o nosso raciocínio, ele não nos quer bobinhos: "Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. Efésios 5:17" Deus é inteligente e gosta de se relacionar com pessoas que também usam a inteligência. Deus se alegra quando buscamos ser sábios: "Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o meu coração, sim, o meu próprio. Provérbios 23:1".Sem contar ainda das promessas que Ele nos faz ao buscarmos Sua sabedoria: "O que atenta prudentemente para o assunto achará o bem, e o que confia no SENHOR será bem-aventurado. Provérbios 16:20"
 
Então, ao nos acharmos em dificuldades em obter respostas para nossas dúvidas, sabemos que podemos recorrer a Palavra de Deus sem medo de errar.
Portanto, encerro aqui pedindo a Deus que: "Ensina-me a fazer a tua vontade, pois és o meu Deus. O teu Espírito é bom; guie-me por terra plana. Salmos 143:10"

domingo, 12 de maio de 2013

De Mãe para Filha

 
 

 

Minha irmã me ligou pedindo que eu escrevesse uma carta para o filho dela, meu sobrinho, que participaria de um retiro espiritual com a igreja onde se reune.  Após reler o que escrevi, quero compartilhar neste dia das mães, pois essas palavras bem que podem ser aplicadas de mãe para filho/a:

Querida filha,

“Eu tenho tanto pra te falar, mas com palavras não sei dizer como é grande o meu amor por você” (Música de Roberto Carlos, Como é Grande o Meu Amor por Você).


Talvez você já tenha ouvido esta música, ela é antiga (mais do que eu e menos que você) mas muito tocada ainda hoje, pois fala de algo eterno: o Amor. Com ela aprendemos que o amor não pode ser traduzido em palavras mas por atitudes.


Não quero ser aquele tipo de mãe que vive dando conselhos, como se eu soubesse de tudo na vida e fosse exemplo para alguém. Não sou. Muito ao contrário: sou exemplo daquilo que não se pode ser seguido. Acho que cada um tem seu caminho a seguir e as experiências são pessoais, mas uma coisa aprendi com o passar dos anos: só existem dois caminhos, por mais que queiram te mostrar o contrário (e vão fazer isso e você vai quase acreditar): o caminho que leva a Jesus e o caminho que faz você se afastar dEle.


Nossa vida é como um jogo de vide-game: você tem metas a cumprir até chegar ao seu destino final. E durante as “fases” vamos encontrando obstáculos que temos que transpor para ganharmos a batalha. Muitas coisas nesta vida vão ser obstáculos para que você não chegue até Cristo. O mundo é maravilhoso, cheio de luzes piscando, desviando sua atenção, nutrindo em você sensações gostosas, te iludindo, fascinando e seduzindo. Muitas vezes você vai se desviar do caminho, ficar quase “sem vida”, tendo que recarregar as energias para “vencer” as fases e chegar ao seu destino final: os braços de Jesus.


Eu já joguei este jogo: conheço todas as fases. É por isso que sei, por experiência própria, todas as etapas deste jogo. Sei exatamente onde as “seduções” deste mundo nos levam: sofrimento, dor, arrependimento, vergonha, insegurança, incerteza, tristeza, enfim: separação total de Deus. É porque separados de Deus (sem Vida) temos que ir mais fundo no abismo. Quanto mais mundo, mais precisamos desse sistema, pois não temos satisfação, temos vazio.


Se eu tivesse como impedir você de passar por tudo o que eu passei e chegar logo no “game over, you won”, eu faria. Seria a minha demonstração de amor por você, sem dizer palavras. Mas não posso. Então faço isso com essas palavras e deixo a demonstração de amor para quem tem ama mais do que eu e que pôde demonstrar esse tão grande amor na cruz morrendo por você. Por isso não desanime deste jogo pois, a batalha já foi ganha por Jesus Cristo na cruz.


Aliás, falando em cruz, lembre-se dela todos os dias, pois ela é a nossa realidade. Ela nós mostra quem realmente somos. Ela nos faz lembrar que precisamos de Cristo, não só por causa de nossos pecados, ou para nos levarmos ao céu, mas para nos livrarmos de nós mesmos, de nosso egocentrismo, ela permite que tiremos o foco de nós mesmos e colocamos em Deus. É por isso que o mundo odeia a cruz. É por isso que vão fazer de tudo para que você não se lembre dela: o sistema do mundo vai querer te enfeitiçar para que você foque em tudo, menos em Cristo.


Então meu conselho final: se queres de fato ser feliz, nunca se afaste da Palavra de Deus.


Com amor,



Sua mãe Regi Marino.

domingo, 24 de março de 2013

RESTAURANTE 5 ESTRELAS


Dias atrás uma pessoa me perguntou o que eu achava dela entrar para a maçonaria. Eu disse que não sabia muita coisa sobre o assunto, primeiro porque eles só aceitam homens, depois pelo que sei é uma sociedade discreta, envolta de segredos e sigilos que só quem sabe mesmo, é quem tá lá dentro. Então tudo o que eu entendia de maçonaria era por especulação ao ouvir alguém falar a respeito ou até mesmo pela internet, pois hoje a informação está bem mais acessível do que tempos atrás.

Pensando no assunto me questionei sobre o motivo que leva uma pessoa a buscar este tipo de sociedade ou qualquer outra.
E ai me lembrei de uma palestra que assisti sobre o Feng Shui (uma técnica milenar chinesa de harmonização dos ambientes que pode trazer paz, alegria e prosperidade ao seu lar e ambiente de trabalho). 
Sei que uma coisa não tem nada com a outra (até certo ponto), tem conceitos diferentes, métodos diferentes, mas os mesmos objetivos: buscar solução para os homens (humanidade) em qualquer outro lugar diferente da Palavra de Deus.
É o mesmo motivo que leva tantas outras pessoas a buscarem sentido para sua vida. E ai, nesta busca de meios para melhorar sua vida, praticar boas obras, ser feliz ter alguma finalidade e blá-blá-blá, elas saem atrás de tudo que tenham essa promessa.
A verdade é que elas não podem encontrar o sentido da vida, uma vez que não têm vida, pois: “Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos.” João 6:53. Entendeu? Elas estão procurando vida, não só sentido para a mesma, mas vida. E não a terão enquanto não “comerem a carne do Filho do homem e beberem o seu sangue”, ou seja, enquanto não tiverem comprometidos verdadeiramente com Jesus Cristo, estão mortos, sem vida e estão condenadas a “bater cabeça”, “dar murro em ponta de faca” e “nadar contra a maré”.

Dizem que qualquer um que segue qualquer tipo de religião ou credo pode entrar para a maçonaria e ou fazer uso do feng shui. E é verdade, qualquer um que segue qualquer religião pode. Sem sentido é aquele que segue Jesus Cristo seguir este tipo de coisa pois, “Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim” João 6:57. Entendeu? Quem se alimenta de Jesus também viverá por Ele. Uma vez que você tem vida, esta tem que ser alimentada por ELE. E vamos falar a verdade: porque mudar de restaurante se estamos bem servidos? Barriguinha cheia? Não tem porquê né?
Quando a comida está “dura de engolir” ou não nos satisfaz, vamos para outro restaurante: “Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele.” João 6:66
O “restaurante” do Senhor está sempre aberto. Nunca fecha as portas. Você pode entrar e sair quando quiser, inclusive Jesus pergunta: “Quereis vós também retirar-vos?” João 6:67
As opções de outros “restaurantes” são muitas: maçonaria, feng shui .... e outras infinitas. Mas só um nos satisfas: “Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.” João 6: 68
Pois é, muitos seguiam Jesus, no entanto suas palavras estavam sendo duras. Não gostaram de ouvir a verdade, gostavam de serem enganados e retornaram. Jesus ainda perguntou pros outros se eles também não queriam retornar mas Pedro disse que só Ele tem a palavra da vida (com sentido e tudo, neam).
Portanto, minha resposta a esta pergunta é: se você já fez o compromisso com o Senhor e está de barriguinha vazia, está precisando de ser alimentado por ele. Abra a boquinha (leia-se a palavra de Deus) e se deixe ser alimentado por Ele até “vomitar” a sua Palavra. Estude a Bíblia e você vai ver que terá nojo de qualquer outro “restaurante”.

sábado, 16 de março de 2013

OPINIÃO CONTRÁRIA

Navegando pela inter encontrei este vídeo onde o entrevistado diz a pura verdade. Assistam e vejam!
Pena que a emissora não colocou a opinião contrária no ar!




sexta-feira, 8 de março de 2013




 
Feliz dia da Mulher
 
Hoje quero parabenizar a todas as mulheres que conquistaram seus direitos (em Cristo):
- de ser mulher, conforme a vontade do Senhor;
- de ser uma auxiliadora para seu esposo: "E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele". Gênesis 2:18.
- de ser submissa a seu marido: “Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor"; Efésios 5:22
- e prazer de ser mãe que ensina seus filhos o temos ao Senhor. Que os educa dentro de princípios bíblicos. “A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe". Provérbios 29:15
- de ser uma filha obediente aos pais e não rebelde: “Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor". Colossenses 3:20
Enfim, Jesus veio para nos dar o direito de sermos mulheres emancipadas de tudo o que nos prende e nos molda à conformidade deste mundo. Somos livres para viver e fazer a vontade de Deus para que Ele possa cumprir seu propósito em nós e através de nós.
Pois fomos criadas à imagem de Deus, “E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou." Gênesis 1:27

Você pode gostar disso também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...